Tamo Junto, da Aliança Empreendedora, pretende colaborar na formação e gestão de empreendedores do Brasil

tamo-junto_logoTrocar informações e compartilhar experiências entre microempreendedores de várias partes do Brasil. Essa é a proposta da plataforma on-line Tamo Junto, que está sendo desenvolvida pela Aliança Empreendedora neste ano. A iniciativa pretende colaborar com o desenvolvimento de habilidades e na gestão de negócios. Conta com o patrocínio da Câmara Andina de Fomento (CAF).

O Tamo Junto oferecerá vídeos, textos e ferramentas para fomentar na criação de redes e a cultura de colaboração para oferecer mais oportunidades de crescimento aos empreendedores e seus negócios.

Segundo Luísa Bonin, diretora de comunicação da Aliança Empreendedora, conta que essa ideia surgiu quando notaram os projetos em quatro Estados e as organizações replicavam a metodologia em mais de 12 Estados e a não conseguiam apoiar os empreendedores que entravam em contato por e-mail e rede social. “Precisávamos ter uma estratégia que levasse nosso apoio a eles de alguma forma. Em paralelo a isso, sabemos que muitos microempreendedores já acessam a internet, muitos ainda não sabem como ela pode ser uma aliada do negócio, mas há um potencial enorme a ser explorado”, afirma.

A plataforma irá ainda oferecer capacitação nas seguintes áreas: começar a empreender, planejamento estratégico; direitos e deveres da formalização; tipos de formalização; vender bem e mais; conhecer e fidelizar o cliente; diferenciar-se da concorrência; precificação; pontos de venda; como se comunicar bem; formas e canais de divulgação; identidade visual do negócio; como usar a rede de contatos para beneficiar o seu negócio; ampliar a minha rede; usar internet para novos contatos; organização financeira; busca de capital de giro; redução de custos; como separar as finanças do negócio das finanças pessoais; quitação de dívida; pré-requisitos para financiamento; preparação a financiamento; tipos de financiamento; formas alternativas de financiamento; gerenciar a produção/processo e os fornecedores, a qualidade de produtos/serviços; planejamento de tarefas; gerenciar o tempo entre o negócio e as outras atividades; contratação, gestão e desligamento de funcionários e liderar funcionários e colaboradores.

A diretora de comunicação da organização ainda pontua que o objetivo é que os empreendedores com desafios de negócios percebam que não estão sozinhos nisso, porque há outras pessoas na mesma situação. A ideia é estimular para eles compartilharem soluções e perceberem que pela internet é possível encurtar as distâncias e a colaboração fica mais fácil.

Atualmente a iniciativa está no desenvolvimento gráfico e de programação da plataforma. Para ajudar na atuação on-line, a Aliança Empreendedora está desenhando uma estratégia de mobilização de pessoas e organizações interessadas em criar e manter redes presenciais de colaboração entre microempreendedores, o Programa Tamo Junto. Essa criação da rede off-line de empreendedores está no início, já que a organização está mapeando organizações parceiras e elaborando manuais e guias metodológicos para a realização dos encontros desses atores. Luísa ainda avisa que logo estará disponível uma landing page da iniciativa e as pessoas poderão se cadastrar para receberem atualizações.

Neste momento, as organizações interessadas em participar do Programa Tamo Junto podem enviar um e-mail para contato@aliancaempreendedora.org.br ou ligar para (41) 3013-2409.

“Queremos chegar em todos os Estados brasileiros, apoiando no primeiro ano 54 mil microempreendedores”, avisa Luísa Bonin.

Serviço:

Site da Aliança Empreendedora: www.aliancaempreendedora.org.br
E-mail: contato@aliancaempreendedora.org.br
Telefone: (41) 3013-2409


Crédito do texto: Da Redação