Prêmio reconhece Senac entre melhores empresas para trabalhador com deficiência

Reconhecimento considera realizações do Programa de Inclusão e Diversidade.

premio-Senac-equipe-Reduzida
Darcio Sayad Maia, Superintendente Administrativo do Senac São Paulo, Mario Valle e Andreza Matsumoto, Laercio Fernandes Marques, Estela Schreiner, Ricardo Levy, Izete Malaquias. (crédito da imagem: divulgação)

O Senac São Paulo é a segunda melhor empresa para trabalhadores com deficiência em todo o Estado. A instituição foi condecorada pela na categoria grandes empresas, recebendo o título ao lado da IBM (1º lugar) e do Mc Donald’s (3º lugar). O prêmio, concedido pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SEDPcD), foi anunciado e entregue em 14 de agosto, na capital.

Boas práticas

Para a seleção, o Senac São Paulo enviou um relatório de boas práticas organizado em cinco grandes frentes: acessibilidade, cultura organizacional, recrutamento e seleção, gestão de pessoas com deficiência e protagonismo dos funcionários.

premio-Senac-Darcio-Reduzida
Darcio Sayad Maia, Superintendente Administrativo, recebe prêmio de Linamara Rizzo Battistella, Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de SP. (crédito da imagem: divulgação)

“Desde a segunda edição, nós usamos como base as cinco dimensões do relatório que enviamos aos organizadores para melhorar os nossos projetos”, diz Mario Augusto Valle, um dos coordenadores do programa de Inclusão e Diversidade da instituição.

O esforço contínuo não passa despercebido: além da posição de destaque nas cinco edições da premiação (em 2017, o Senac São Paulo conquistou o terceiro lugar), as boas práticas da empresa foram reconhecidas pela ONU em 2016.

Além do relatório, os avaliadores realizaram um questionário on-line, enviado para todos os funcionários com deficiência da empresa, e, em seguida, conversaram presencialmente com alguns desses colaboradores. A avaliação dos funcionários foi a etapa que definiu a premiação.

Engajamento e empreendedorismo

Entre as ações realizadas pelo Senac, destaca-se o engajamento de toda a rede: cerca de 80% das unidades já realizaram ou planejam atividades para disseminar a cultura inclusiva voltadas a funcionários, alunos e à comunidade.

A competição Empreenda – Senac, por exemplo, busca incentivar projetos que atendam a pessoas com algum tipo de deficiência. Para isso, a instituição promove oficinas de capacitação, utilizando a metodologia design thinking com a participação de funcionários com deficiência.

Em sua décima edição, o Empreenda é uma competição de empreendedorismo e inovação destinada a todos os alunos dos cursos do Programa Aprendizagem, Programa de Educação para o Trabalho, técnicos, de graduação e Pós-graduação do Senac São Paulo, no qual os inscritos, em categorias, por meio de suas ideias inovadoras de negócios, participam de um processo de avaliação e desenvolvem um plano de negócios. O objetivo central dessa ação é formar uma cultura empreendedora entre os alunos do Senac para estimular a difusão e aplicação dos conceitos de empreendedorismo de forma prática. Conheça aqui: www.sp.senac.br/empreende

premio-equipe-Senac-na-mesa-Reduzida
Integrantes da Gerência Pessoal comemoram o prêmio. (crédito da imagem: divulgação)

Andreza Matsumoto, uma das coordenadoras do programa de Inclusão e Diversidade do Senac, explica que as ideias de negócio devem partir da necessidade do usuário. “A experiência é sempre muito significativa e observamos um aumento no número de ideias inclusivas submetidas para o Empreenda – Senac 2018”, afirma.

Sobre o prêmio

O objetivo do Prêmio Melhores Empresas para Trabalhadores com Deficiência é identificar, reconhecer e homenagear as melhores práticas de inclusão de profissionais com deficiência em companhias públicas e privadas, nacionais ou estrangeiras, de micro, pequeno, médio e grande porte, e de empreendedores com deficiência. Busca ainda servir como instrumento adicional de apoio às empresas para a inclusão profissional de pessoas com deficiência, para que possam avaliar suas ações, com foco na qualidade desse processo, ao reconhecerem boas práticas inclusivas.

Conheça aqui a premiação: http://pmetcd.sedpcd.sp.gov.br/paginas/premio.php

Crédito do texto: comunicação do Senac São Paulo.