Representante da Walt Disney Company contou como incentivar e inspirar pessoas

Com cenário dos filmes e parques temáticos da Disney, Beth Stevens, vice-presidente sênior de Cidadania Corporativa, Meio Ambiente e Conservação de Relações Ambientais na Walt Disney Company, mostrou as práticas da empresa para a sustentabilidade e como fazem para influenciar cada vez mais pessoas sobre a agenda ambiental. Com o lema #EthosInspira, a palestra O desafio de inspirar e influenciar pessoas e empresas integrou uma das palestras da manhã do segundo dia 923 de setembro) da Conferência Ethos 360°, no Golden Hall do World Trade Center São Paulo, localizado na zona sul de São Paulo.

Representante da Walt Disney Company contou como incentivar e inspirar pessoas em prol da sustentabilidade na Conferência Ethos 360°

“Um dos principais que trabalhamos é que os recursos são esgotáveis”, afirmou Beth. Ela explicou de que forma conseguem reduzir custos e uso de recursos, como água, energia e alimentos em geral. Para isso, mostrou um vídeo do Walter Elias Disney, fundador da The Walt Disney, em que ele enfatiza o uso inteligente dos recursos naturais. Também defendeu a pegada ecológica para os consumidores terem mais responsabilidade em suas atitudes.

Por meio de personagens e das cenografias, Beth explica que a organização tenta trabalhar líderes mais sustentáveis para aumentar a eficiência de maneira mais racional. Dessa forma, a sustentabilidade está no centro da tomada de decisões da empresa, com os seguintes objetivos: como gerar e fazer a diferença, sendo cada vez mais inteligentes. Focam em atingir a emissão zero de gases do efeito estufa e conservação dos recursos hídricos. No ano passado, a empresa conseguiu atender as metas iniciais: reduzir até 50% em suas emissões.

“Não há receitas mágicas para todas essas marcas”, ressalta Beth. Ela compartilhou que estão se esforçando para reduzir mais suas emissões: “Quanto menos emitirem, menos pagarão”, disse. Falou sobre o caso de diminuição de consumo de energia no castelo da cinderela e do espaço temático da ESPN, em que desenvolverem um plano inteligente para usarem energia para iluminar campos e programação quando existe necessidade”. Também usam automóveis com combustíveis limpos.

Outra ação da empresa é investimento nas florestas, visando contribuir com o desafio de mudanças climáticas. A Disney investe em projetos de compensação voltadas para o replantio de diferentes espécies de árvores. “Fazemos isso não apenas para compensar os gases emitidos, mas para preservar e garantir um futuro cada vez melhor”. Um dos lugares mais apoiados foi o Alto Maia, no Peru. Outra área beneficiada é a Mata Atlântica, no Brasil. Foram três milhões de árvores plantadas nesse bioma. Outros espaços que receberam esse tipo de apoio: 40 mil acres de corais nas Bahamas e 130 mil acres de chimpanzés na República do Congo.

Para ilustrar, a palestrante apresentou um vídeo chamado Climate Program, em que mostra como funciona seu investimento nessa região. Também financia acordos de cooperação e trabalho com as famílias do local. “Conservar a natureza faz parte do nosso legado”.

Beth ainda contou que pretendem expandir no projeto de reuso de água. Essa coleta seria utilizada para lavar carros, pátios e espaços dos parques temáticos da empresa. Até 2020 visam que 60% dos seus resíduos sejam incinerados e transformados em gás, ou seja, retorne como energia no sistema.

Outra ação ambiental é nos cenários de filmagens, em que se comprometeram em ter agentes ambientais para se preocuparem com reciclagem e compostagem. As embalagens de parte dos produtos também é outra via que estão trabalhando para não impactar tanto o meio ambiente. “78% das melhorias envolvem os próprios funcionários, que atuam como agentes ambientais”.

“As crianças são aquelas que lideram o processo”, defendeu Beth. Para ela, esse público pode contribuir para o movimento da sustentabilidade. Contou ainda que a próxima filmagem é Mogli, um personagem que vive na natureza e valoriza a biodiversidade. “Queremos trabalhar ainda com mico leão investindo numa associação que atende e recupera essas espécies e treina a população local para ser agente ambiental”, contou.

O evento

Nos dias 22 e 23 de setembro, a Conferência Ethos 360° reuniu diferentes especialistas da área de responsabilidade social, de empreendedorismo e de negócios inovadores e sustentáveis. Com um formato diferenciado, todos os debates dividiram um amplo espaço sem paredes. Os participantes tinham que usar fone de ouvido e sintonizar na palestra de seu interesse. Os temas abordados nos debates foram: integridade, combate à corrupção, progresso social, desenvolvimento, diversidade, liderança, conservação do meio ambiente, juventudade, gênero, ações colaborativas, big data, inovação, captação de recursos, resíduos sólidos, entre outros. Confira aqui: http://www.ce2015.org/


Site da Conferência Ethos 360°: http://www.ce2015.org/
Confira cobertura do Portal Setor3:

Apesar da crise, diferentes especialistas defenderam boas oportunidades para empreender na Conferência Ethos 360°

Juca Kfouri debate corrupção no futebol com outros convidados na Conferência Ethos 360º

Iniciativa de empreendedorismo social contribui para indústria têxtil mais sustentável

Desemprego entre jovens provocará prejuízos a longo prazo , segundo especialistasna ConferênciaEthos 360°

Palestrantes defendem que diversidade de profissionais contribui para saídas inovadoras em empresas

Diretor do Pnuma fala sobre a agenda de desenvolvimento pós-2015

Abertura da Conferência Ethos 360° ressaltou a intolerância em diferentes situações de conflitos


Data original de publicação: 28/09/2015