Projeto Todos contra o Covid-19 entra na segunda fase

A iniciativa contribui com capacitação de ONGs que atendem população em situação de vulnerabilidade social de maneira segura.

Ilustração de dois profissionais de saúde se defendendo do coronavírus. Título: 2ª fase - Todos Contra o Covid-19
As organizações sociais foram selecionadas por meio de edital. (crédito da imagem: divulgação)

Com o objetivo de auxiliar as organizações sociais do terceiro setor, o Instituto Horas da Vida dá início à segunda fase do projeto Todos Contra a COVID-19. Neste ano, a iniciativa irá apoiar 25 organizações sociais selecionadas por meio de edital.

O projeto acontece de março a junho e conta com um comitê de saúde para oferecer apoio científico sobre o assunto às organizações; visitas técnicas para adequação de ambientes; elaboração, análise e validação de protocolos; e emissão de laudo de conformidade.

O Instituto Horas da Vida também realiza a capacitação dos colaboradores por meio de lives e reuniões conforme a necessidade. As organizações recebem um manual de boas práticas com as principais informações sobre o coronavírus, diagnóstico, tratamento e procedimentos para a retomada das atividades. No decorrer do projeto, o canal fica aberto para esclarecimento de dúvidas por e-mail e Whatsapp.

As organizações contempladas na segunda fase são: Associação Aquarela, Associação Materna, Associação Arte Sem Fronteira, Associação Civil Juventude Esperança do Amanhã, Associação Casa Vida Espaço de Educação Terapêutica, Associação Paulista Feminina de Combate ao Câncer APFCC, Associação PROJOV – Programa Rotário para Jovens, Associação Vaga Lume, AMEM – Associação dos Amigos do Menor pelo Esporte Maior, Casa Hacker, Centro Comunitário e Creche Sinhazinha Meirelles, Cleusa Armezindo dos Santos, Centro Atendimento Especializado Lea Rosenberg, Centro Comunitário Beneficente Conjunto Habitacional Castro Alves e Adjacentes, Cruz de Malta, Instituto Floriano Peçanha dos Santos, Instituto de Desenvolvimento Pessoal e Social – Os Sonhadores, Instituto Granada, Instituto Roldão, Movimento de Mulheres do Parque Horácio Cordeiro Franco, ONG Arte na Lata e TETO Brasil.

A primeira edição, que ocorreu no segundo semestre de 2020, foi patrocinada pela Mantecorp Farmasa e Mantecorp Skincare. Ao todo, 197 colaboradores foram capacitados. Houve ainda a entrega de 7.468 cestas básicas, 2.754 máscaras de proteção e 3.920 unidades de álcool em gel.

Já a segunda fase conta com o apoio da Boehringer Ingelheim e tem a expectativa de orientar 300 colaboradores, considerando assistidos e familiares. O instituto já recebeu 1200 máscaras de tecido para doação.