Projeto Descarte ON amplia número de pontos de coleta em São Paulo

Coopermiti 01O Descarte ON, projeto de logística reversa de resíduos elétricos e eletrônicos, resultado de uma parceria entre os governos do Brasil e Japão e iniciado em abril deste ano, ampliou para dez o número de pontos de coleta na região da Lapa.

O objetivo da iniciativa é o de sensibilizar o cidadão paulistano sobre a importância do descarte correto e da logística reversa desses resíduos, evitando prejuízos ao meio ambiente e à saúde. Além disso, busca utilizar conhecimentos, dados e informações obtidos com a execução do piloto na criação do futuro sistema de reciclagem de resíduos eletroeletrônicos no Brasil, desde a coleta e o transporte, até a reciclagem e a destinação correta do material.

Os resíduos envolvidos neste projeto são os de pequeno e médio porte. São eles: liquidificadores, espremedores, ferros de passar, aparelhos de áudio e vídeo, câmeras fotográficas e filmadoras, além de computadores, laptops e celulares. Entre os grandes, estão inclusos: TVs e eletrodomésticos da linha branca (geladeiras, fogões, máquinas de lavar e secadora de roupas e aparelhos de ar-condicionado). É importante lembrar que não fazem parte do Descarte ON itens como baterias, pilhas secas, lâmpadas fluorescentes e toners de impressora.

• Métodos de coleta

Há coleta para itens de tamanho pequeno, médio e grande.

Objeto de coleta: “Resíduos elétricos e eletrônicos de pequeno e médio porte”: na Coleta nas Lojas o próprio consumidor poderá depositar esses resíduos em caixas de coleta especiais e devidamente identificadas no interior dos estabelecimentos participantes na região da Lapa.

Objeto de coleta: “Resíduos elétricos e eletrônicos de grande porte”: a Coleta na sua Casa é voltada a itens de grande porte (TV, geladeira, máquina de lavar e secadora de roupas, fogão e aparelho de ar condicionado). Funciona assim: ao comprar qualquer um dos tipos de eletroeletrônicos citados nas lojas participantes, se o consumidor quiser descartar o aparelho antigo, poderá solicitar a coleta em domicílio.

Para isso, há o valor simbólico de R$ 10 por unidade e está restrita ao mesmo tipo e quantidade dos eletroeletrônicos comprados. Ou seja, o cliente que adquirir uma geladeira poderá descartar uma geladeira e, assim por diante. O valor irá cobrir parte do custo de transporte para a coleta que vai abranger apenas o município de São Paulo. Demais custos serão cobertos pela Japan International Cooperation Agency (JICA).

O possível prazo para coleta está estimado para ocorrer dentro de 30 dias corridos da data da compra do eletroeletrônico novo. Os procedimentos irão variar em função de cada loja participante e, como para a realização da coleta poderá requerer alguns dias após a solicitação, o ideal é realizar o agendamento o quanto antes.

Para saber mais sobre os pontos de coleta, acesse: http://descarteon.jica.eco.br/como-descartar.html#top


Crédito do texto: Da Redação
Data de publicação: 30/11/2016