Premiação recebe inscrições de startups com projetos de inovação e saúde até 15/9

Nesta edição, o prêmio será 100% on-line, com o tema: A nova realidade da saúde em meio à crise.

Ilustração com três jovens conversando e imagem de lâmpada e texto abaixo: VI Prêmio Empreenda Saúde Edição Especial.
A iniciativa é uma das referências de inovação e empreendedorismo no mercado nacional. A Epistemic, por exemplo, foi uma das startups inovadoras de edições anteriores: solução para detecção antecipada de surtos epiléticos. (crédito da imagem: divulgação)

A fundação everis, instituição que apoia e promove o empreendedorismo por meio de atividades em diferentes esferas da sociedade, está com as inscrições abertas para a sexta edição do Prêmio Empreenda Saúde 2020. As startups poderão apresentar projetos para fomento, desenvolvimento da inovação e empreendedorismo no âmbito da saúde no Brasil, baseadas no tema A nova realidade da saúde em meio à crise, com as inscrições até 15 de setembro.

Criado em 2015, o Prêmio Empreenda Saúde visa estimular profissionais de diferentes áreas a desenvolverem projetos capazes de contribuir para a melhoria das práticas, processos, tecnologias e métodos de gestão no setor de saúde. Nesta edição especial conta novamente com o apoio do InovaHC, bem como de seus dois núcleos de inovação associados, o InovaInCor e CITIC; e de dois novos parceiros – a Câmara Oficial Espanhola de Comércio e a TekCapital, empresa de investimentos em tecnologia IP.

A fundação everis busca projetos que estejam pelo menos na fase de prototipagem, com comprovada inovação tecnológica e alto potencial de impacto social, contribuindo para melhorar a qualidade de vida das pessoas e da sociedade.

Os projetos apresentados no Empreenda Saúde deverão se adequar às seguintes novas categorias:
• Desospitalização e monitoramento – projetos que promovam o controle, comunicação ou interface de informação com o paciente, de forma a promover uma menor utilização do ambiente hospitalar, privilegiando sempre a segurança do paciente e o suporte assistencial;
• Capacitação, treinamento e educação em saúde – soluções tecnológicas emergentes que promovam disseminação de conteúdo, engajamento, treinamento e acesso a conhecimento para pacientes e profissionais do segmento da saúde. Elas devem ser lúdicas ou simularem o ambiente de trabalho para uma aprendizagem rápida e eficaz;
• Segurança hospitalar – tecnologias que identifiquem e alertem situações, locais e ações de risco dentro do ambiente hospitalar;
• Suporte ao atendimento hospitalar – propostas tecnológicas que permitam melhorar a interação dentro do ambiente hospitalar entre os vários envolvidos, seja nos processos administrativos, assistenciais ou comunicativos;
• Segurança direcionada à saúde coletiva – tecnologias que permitam identificar e alertar situações que ofereçam risco à saúde da coletividade, a fim de evitar a sua disseminação;
• Medicina preventiva e saúde mental – soluções digitais emergentes de promoção, prevenção e engajamento do indivíduo às ações e programas de manutenção e beneficiamento da saúde física e mental.

A Comissão de avaliação será composta por especialistas ligados à saúde, tecnologia e inovação no Brasil e terá como responsabilidade garantir o programa completo do Empreenda Saúde – desde a eleição dos jurados e acompanhamento da premiação até seu encerramento, sendo suas decisões soberanas e irrecorríveis. Avaliarão os critérios de inovação, capacidade de resolução de um problema e atendimento de uma necessidade de mercado, com um modelo de negócio sustentável. Os seis finalistas, selecionados de acordo com a melhor classificação (maiores notas), serão convidados a apresentar seus projetos para a Comissão de Avaliação em outro evento virtual, no dia 30 de outubro de 2020.

O ganhador brasileiro do VI Empreenda Saúde será anunciado em um evento no dia 12 de novembro, em local a ser definido, que pode vir a ocorrer em ambiente virtual, como medida de cautela em decorrência da pandemia. Ele receberá o valor de R$ 50 mil e um pacote de serviços de mentoring, a ser realizado em plataforma digital, de natureza gratuita e duração de no máximo três meses, a ser oferecido pela everis Brasil.

Além disso, o vencedor nacional participará da final global everis talento week, que será realizada de 23 a 25 de novembro, a fim de concorrer a um prêmio adicional de 60 mil euros, aportado pela fundação everis da Espanha.

Acesse aqui a plataforma da iniciativa: www.premioempreendasaude.com.br