Prefeitura de SP seleciona entidade para gerir coworking público no extremo sul da cidade

Vencedor da chamada pública será responsável por desenvolver ações de empreendedorismo na região de Parelheiros e Capela do Socorro.

Foto de agricultor em plantação de hortaliças.
A entidade vencedora da chamada pública deverá desenvolver iniciativas e atividades voltadas a agricultura e turismo. (crédito da foto: Vernaglia/AdobeStock)

A Prefeitura de São Paulo está com edital aberto para seleção da nova entidade gestora do Teia Parelheiros, coworking público localizado no extremo sul da cidade de São Paulo. O espaço foi instalado pela Ade Sampa, agência vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, em parceria com o Projeto Ligue os Pontos, e oferece aos agricultores e empreendedores da cidade ações de empreendedorismo, mentorias e toda a estrutura física de um escritório compartilhado. Os interessados podem encaminhar propostas até 17 de agosto pelo link: www.bit.ly/gestaoteiaparelheiros

Podem se candidatar pessoas jurídicas, associações, organizações da sociedade civil ou empresas, que atuem com o desenvolvimento de qualificação e atividade empreendedoras na região.

A entidade vencedora da chamada pública deverá desenvolver iniciativas e atividades voltadas a agricultura e turismo, indo de encontro à vocação da região, que reúne mais de 350 propriedades rurais, cachoeiras, lagos, trilhas e uma extensa vegetação da Mata Atlântica.

O Teia Parelheiros foi a quinta unidade inaugurada na capital, fruto de uma parceria entre Ade Sampa e o Projeto Ligue os Pontos, e dispõe de dois ambientes: um dedicado a cursos, palestras e reuniões, equipado com oito computadores de mesa e com capacidade para mais de 30 pessoas. O outro espaço é usado como ambiente de coworking com capacidade para 14 posições individuais de trabalho e como local para eventos e exposições. O Teia conta ainda com internet wi-fi de alta velocidade, ambiente de descompressão e copa.

No local também foi realizada a aceleração de oito projetos de agricultura e turismo da região por meio do Ligue os Pontos, programa que busca contribuir para o desenvolvimento local da zona rural sul paulistana, a partir da consolidação de sua agricultura e alimentação. Após processo de seleção, os participantes receberam R$ 35 mil cada para desenvolver ideias inovadoras que aumentem a produtividade e a competitividade dos negócios locais, fortalecendo a agricultura, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico da zona sul rural e melhorando a condição de vida da população.

Acesse aqui o site: www.bit.ly/gestaoteiaparelheiros