Plataforma contribui na separação de resíduos

Conscientizar os paulistanos a separarem o lixo domiciliar em dois (comum e reciclável) é uma das tarefas da plataforma Recicla Sampa.

ReciclaSampa
A plataforma é alinhada com os 5 Rs da sustentabilidade: Repensar, Reduzir, Reutilizar, Recusar e Reciclar. (crédito da imagem: divulgação)

Vídeos, webdocs, tutoriais, jogos, materiais para impressão, reportagens, notícias da cidade, do Brasil e de outros países, tudo para ajudar a informar o cidadão a separar material reciclável e reduzir o volume de resíduos nos aterros sanitários da capital paulista. Tudo isso está na plataforma lançada hoje (07/02) do Movimento Recicla Sampa, no Centro Cultural São Paulo: http://www.reciclasampa.com.br

A iniciativa é resultado da parceria entre a Loga e EcoUrbis, concessionárias de limpeza urbana de São Paulo, e possui apoio institucional da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb), responsável pela regulação dos contratos de limpeza. O Movimento atende a meta 24, do Plano de Metas da Prefeitura de São Paulo para 2020, que determina a redução, em quatro anos, de 500 mil toneladas de resíduos enviados aos aterros municipais.

A capital paulista produzir todos os dias 12 mil toneladas de lixo domiciliar. A cidade está no topo do ranking das que mais geram lixo do país. Segundo a Autoridade Municipal de Limpeza Urbana, através de dados colhidos pela gravimetria que analisa a composição do lixo domiciliar da cidade, cerca de 40% dos resíduos coletados poderiam ser reciclados e não o são. Somente cerca de 7% do potencial de reciclagem presente nos resíduos domiciliares na cidade são reciclados.

No site do Movimento, o cidadão pode acessar os horários em que ocorrem as coletas por bairros e regiões da cidade, baixar materiais gráficos e tutoriais de como separar corretamente os resíduos. A população poderá ainda utilizar os conteúdos em casa, em seus locais de trabalho, nos condomínios e em locais públicos. É uma ferramenta colaborativa.

Os usuários ainda terão acesso a informações sobre o processo de reciclagem, entrevistas com especialistas renomados da área de sustentabilidade e dicas de como reaproveitar materiais. Além disso, os paulistanos poderão localizar os endereços dos pontos de coleta para descarte de itens como: óleo de cozinha, eletrônicos, eletrodomésticos, remédios, entre outros, a localização dos Pontos de Entrega Voluntária de Recicláveis, os Ecopontos espalhados pela cidade e muito mais.

O cidadão ainda encontrará vídeos tutoriais de boas práticas e dicas de reciclagem, além de minidocumentários sobre diferentes assuntos que permeiam o universo da reciclagem, como o funcionamento das centrais mecanizadas de triagem e das cooperativas de catadores, os pátios de compostagem e o impacto do lixo na cidade.