Mapa da Desigualdade 2019 lançada em SP

Capa Estudo Mapa da Desigualdade 2019
Outros indicadores de destaque são: mortes no trânsito, gravidez na adolescência, mortalidade materna e mortalidade infantil. (crédito da imagem: divulgação)

Rede Nossa São Paulo apresenta nova versão do Mapa da Desigualdade da cidade. O estudo reúne dados de 10 diferentes áreas e 53 indicadores mostram a realidade dos distritos da capital paulista pelo desigualtômetro, em que retrata a diferença entre a melhor e a pior região para cada um dos indicadores.

Nessa edição, o levantamento traz como novidades: comparativo de violência contra a mulher, incluindo o feminicídio; violência homofóbica e transfóbica; e violência de racismo e injúria racial. Os demais dados são sobre: educação, saúde, cultura, habitação e idade média ao morrer em cada um dos distritos da cidade.

Os casos de feminicídio aumentaram 167% em toda a cidade e as ocorrências de violência 51%. Os distritos da Sé e Barra Funda concentra as maiores taxas de ocorrência nos dois indicadores.

Acesse aqui o estudo na íntegra: https://bit.ly/2NrqCKp