Livro mostra comunicação de causas na busca por mais diálogo

Publicação parte da premissa de que existe um terreno comum e um conjunto de valores compartilhados entre os campos progressistas e conservadores no país.

Capa do livro Comunicação de Causas - reflexões e provocações para novas narrativas. Fundo ilustração de sombras de pessoas.
A publicação provoca reflexões no campo progressista para se reposicionar e abrir diálogo com campo conservador. (crédito da imagem: divulgação)

A Fundação Tide Setubal disponibiliza o livro Comunicação de Causas: reflexões e provocações para novas narrativas, desenvolvido em parceria com o Instituto Alana e a Rede Narrativas. Trata-se de uma publicação que apresenta reflexões e novas questões sobre como o campo progressista pode se reposicionar para se abrir ao diálogo com o campo do conservadorismo médio.

A publicação é um desdobramento da pesquisa O Conservadorismo e as Questões Sociais, produzida em 2019 pela consultoria com o Plano CDE, sob encomenda da Fundação Tide, com o objetivo de conhecer pensamentos, valores e posições de quem está no espectro do conservadorismo médio, a fim de entender por que alguns temas fundamentais para o desenvolvimento dos territórios periféricos geram tanta polarização e tamanha dificuldade de diálogo.

O livro apresenta um diagnóstico da comunicação nos campos conservador e progressista, passando pela análise dos desafios e pelos caminhos e possibilidades. Seu objetivo é comunicadores de organizações do terceiro setor — organizações da sociedade civil e do investimento social privado, movimentos sociais, grupos e coletivos —, a refletir e a agir em torno desse desafio, construindo pontes e desenvolvendo narrativas inclusivas.

Conheça aqui no site da Fundação Tide Setubal o livro: https://bit.ly/3n3LDdN