Livro infantil pretende inspirar as novas gerações de mulheres na computação

A obra conta a vida de Ada Lovelace, a primeira programadora do mundo, e faz parte das ações do Programa Meninas Digitais, da Sociedade Brasileira de Computação (SBC).

livro-de-Ada-mulheres-computacao-Reduzida
Publicação pretende estimular meninas a conhecerem história de primeira programadora do mundo. (crédito da imagem: divulgação)

As mulheres desempenharam um papel fundamental na história da tecnologia. Para contar a trajetória de uma delas, só que desta vez para as crianças, chega no mercado o primeiro livro infantil em português sobre A vida de Ada Lovelace. Ada reconhecida internacionalmente como a primeira programadora da história, desenvolveu o primeiro programa de computador (algoritmo) muitos anos antes do computador ser construído. A inspiração para criação do livro veio das ações do Programa Meninas Digitais, da Sociedade Brasileira de Computação (SBC), patrocinadora do projeto – que tem como objetivo fomentar a inclusão feminina e colaborar no processo de empoderamento de meninas e mulheres na área de tecnologia da informação –, e dos estudos sobre a representatividade das mulheres em computação.

De acordo com a autora Sílvia Amélia Bim, ex-coordenadora do Programa e a ilustradora Kiara Cabral, a partir de 2015, alguns livros infantis sobre Ada Lovelace foram lançados em língua inglesa. Sílvia chegou a consultar algumas editoras sobre a possibilidade da tradução para o português e, diante das respostas negativas, resolveu iniciar o projeto de um livro infantil em português patrocinado pela SBC, cuja primeira tiragem esgotou e a segunda edição da publicação estava prevista para este mês de outubro.

Para ela, é necessário desmistificar a computação cada vez mais cedo. O livro infantil ajuda a contar a história de uma mulher que tem um papel muito significativo na história da computação, pode ser um elemento importante para motivar meninas a escolherem esta área para atuação profissional.

Quem foi Ada Lovelace? Inglesa, filha de mãe matemática e pai poeta, foi incentivada pela mãe a estudar muito: matemática, física, química, francês. Mas a emoção, a imaginação e a criatividade foram a herança de seu pai, mesmo nunca tendo convivido com ele. Da amizade com Charles Babbage – cientista que ficou conhecido como o “pai da computação” – surgiu a oportunidade de contribuir com os projetos do amigo no desenvolvimento da primeira máquina de cálculo, além de ser responsável pelo algoritmo que poderia ser usado para calcular funções matemáticas. E assim surgiu o primeiro programa de computador entre 1842 e 1843. O dia em que se comemora o seu legado é celebrado anualmente na segunda terça-feira de outubro. O “Ada Lovelace Day” tem como objetivo lembrar os feitos das mulheres nas ciências, tecnologia, engenharia e matemática, assim como encorajar que mais mulheres sigam este caminho.

Valor do livro R$20,00 e frete da compra. Os interessados podem entrar em contato com os coordenadores do Programa Meninas Digitais pelo e-mail: meninasdigitaissbc@gmail.com

COMPARTILHAR