Guia Aves do Brasil – Mata Atlântica do Sudeste traz 927 explicações e ilustrações sobre diferentes espécies

SAO PAULO, SP, BRAZIL - AUGUST 07, 2011 - Great kiskadee, Pitangus sulphuratus, Tyrannidae common in all Americas
SAO PAULO, SP, BRAZIL – AUGUST 07, 2011 – Great kiskadee, Pitangus sulphuratus, Tyrannidae common in all Americas

O Brasil, quinto maior país do mundo, é, sem sombra de dúvidas, um dos lugares mais ricos em biodiversidade do planeta. Pensando nisso, a Wildlife Conservation Society, ONG de conservação ambiental, em parceria com a Fundação Grupo Boticário, Fíbria – líder na produção global de eucalipto, Legado das Águas e a partir de doações de pessoas físicas e jurídicas, lançou em novembro de 2015 o Almanaque Aves do Brasil.

O público alvo é bem simples: qualquer pessoa que queira mergulhar um pouco mais fundo no universo das aves. A linguagem clara e objetiva faz com que a leitura não se restrinja apenas a profissionais no assunto. As explicações são curtas e precisas, o que facilita bastante o entendimento e memorização.

Nesta segunda edição de uma série rica que aborda espécies de todos os biomas brasileiros, são apresentados 927 tipos de aves da Mata Atlântica localizada no sudeste do país. Para os admiradores do tema, outra boa notícia: o livro é acompanhado de excelentes descrições e mais de 1300 ilustrações feitas por grandes artistas da área como Guy Tudor, e guiadas por fotos de renomados portais especialistas em ornitologia como o WikiAves.

Um dos grandes mistérios da natureza e que hoje está relatado no almanaque é a história do Tietê-de-coroa (Calyptura cristata), hoje a ave mais procurada do Brasil, considerada o sonho estudo de muitos observadores e pesquisadores. Passou 150 anos escondida, sem registro, até um casal ser avistado pela última vez em 1996, 20 anos atrás.

Além das informações sobre aves, o livro traz fotos e explicações sobre ecossistemas brasileiros e especifica quais espécies habitam neles. Os cerrados, por exemplo, apesar de estarem sob ameaça de desaparecimento por coincidirem com áreas de cultivo intensivo de cana-de-açúcar, servem de habitat para a Gralha–do-campo, Batuqueiro e Meia-lua-do-cerrado.

“Esperamos que esse livro ajude você a saber mais sobre as aves ao redor e a se preocupar com aquelas que correm o risco de desaparecer para sempre. Agora é com você: saia de casa, observe e aprecie suas aves” (trecho retirado da introdução do almanaque – Robert S. Ridgely, presidente da Rainforest Trust).

O preço sugerido do guia está em torno de R$69,90. O valor pode parecer alto, mas é muito mais acessível que o de outros almanaques semelhantes. Outro ponto positivo é o formato compacto do livro, que permite que o uso em campo seja muito mais fácil, facilitando assim, a vida dos observadores de aves.

Serviço:

Título: Aves do Brasil – Mata Atlântica do Sudeste
Autor: Robert S. Ridgely, John A. Gwynne, Guy Tudor e Martha Argel
Editora: Editora Horizonte
Páginas: 417
Preço: R$69,90


Crédito do texto: Da Redação
Data de publicação original: 06/09/2016