Festival O Brasil Que Lê: edição on-line e lives

Evento tem participação de escritores, mediadores de leitura, contadores de histórias, poetas e integrantes de bibliotecas comunitárias.

Foto de criança indígena lendo algo em sala de aula.
Encerramento do evento conta com show de Chico César. (crédito da imagem: Miguel Angelo)

Promover a leitura e a literatura como um direito humano é uma das propostas do Festival O Brasil Que Lê, que tem uma programação digital com lives até o dia 28 de novembro. Organizado pela Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias (RNBC), a mostra virtual tem uma programação diversificada todas às terças e quintas com debates, músicas, leitura e arte. Todas as transmissões são gratuitas e podem ser conferidas no Facebook e Youtube da rede nacional.

Um dos destaques do evento é o bate-papo, nesta quinta (19), discutindo o legado dos povos indígenas na literatura contemporânea com a participação do escritor Daniel Munduruku. A conversa que acontece às 19h tem a presença também de Alana Lima da Rede de Bibliotecas Amazônia Literária.

Outro momento especial é o encerramento do festival, no dia 28 de novembro, às 19h, com um recital poético do rondoniense Elizeu Braga e um show do cantor Chico César. Apresentam essa live a Bel Santos Mayer e Cris Lima, integrantes da Rede LiteraSampa de São Paulo.

Confira a programação completa do Festival O Brasil Que Lê: https://bit.ly/2HbSLVh

Onde assistir: Facebook da RNBC
https://www.facebook.com/redenacionalbc

Canal da RNBC no Youtube: encurtador.com.br/oANO2