Festival do Minuto tem o tema da mulher

Os melhores vídeos recebem o trófeu minuto. Inscrições até 31 de agosto.

FESTIVAL-DO-Minuto
Iniciativa recebe animação, documentário e videoarte. (Crédito da imagem: divulgação)

Ministério da Cultura, Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo e Secretaria de Cultura do Governo do Estado do Rio de Janeiro lançam o Festival do Minuto. Com o tema Mulher, a iniciativa recebe animação, documentário e videoarte. Não importa o gênero, só não ultrapassar de um minuto. Os vídeos devem ser enviados até 31 de agosto de 2017 através do link: https://goo.gl/anVPFh

Criado em 1991, o Festival do Minuto trabalha com a seleção de imagens em movimento – de amadores e profissionais – para o exercício da síntese em trabalhos com duração máxima de 60 segundos. Ele foi o pioneiro no formato no mundo, tendo inspirado a criação de Festivais do Minuto em mais de 50 países.

A iniciativa hoje possui mais de 35 mil vídeos, distribuídos em diversas mostras temáticas. Já passaram diretores como a Anna Muylaert, Fernando Meirelles, Tatá Amaral e Beto Brant. Desde 1991 o Festival acompanhou a evolução dos vídeos, apoiando o uso de novas tecnologias (como celulares e câmeras portáteis) e conceitos de narrativa, edição, som e imagem. No ano passado lançou uma nova fase, com uma nova identidade visual, um portal mais moderno e com novidades como geolocalização de vídeos e desafios de linguagem. Adotou ainda a licença de Creative Commons como padrão para disponibilizar o acervo e o próprio sistema do sistema.

Os vídeos são avaliados pela equipe de curadores do Festival do Minuto nos requisitos: ideia, narrativa, imagem e som. Em determinados concursos, poderá haver uma seleção especial por parte de um júri convidado. Quando ocorrer, os realizadores serão notificados. Já aos vídeos com imagens ou sons de terceiros são bloqueados, mas o realizador será comunicado e poderá se justificar ou trocar o conteúdo.

O site do Festival do Minuto é: https://festivaldominuto.com.br/