agosto, 2019

15ago18:00- 21:30Workshop - Passaporte WakandaWorkshop - Passaporte Wakanda

Mais

Detalhes do evento

A ELAS, primeira escola brasileira de liderança feminina, criou o workshop Passaporte Wakanda, voltado para fortalecer a autoestima da mulher negra. As próximas edições acontecem no dia 15 de agosto. As inscrições são gratuitas e as vagas limitadas.

Segundo a pesquisa Estatísticas de gênero – Indicadores sociais das mulheres no Brasil, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as mulheres são quase 6% mais escolarizadas que os homens, porém apenas 39,1% dos cargos de liderança (públicos ou privados) são ocupados por elas. O mesmo estudo ainda revela as lacunas existentes entre as próprias mulheres, segundo cor ou raça: 23,5% das mulheres brancas têm ensino superior completo, 2,3 vezes maior que o de mulheres pretas ou pardas (10,4%).

Ainda dentro do mundo corporativo, o salário médio de uma mulher negra, com emprego formal, é menos da metade do salário de um homem branco. De acordo com a Relação Anual de Informação Social (Rais), do Ministério do Trabalho, elas ganham R$ 790,00 por mês, enquanto eles chegam a receber R$ 1.671,00 por mês.

Outros dados que chamam a atenção são referentes à violência contra as mulheres. Segundo um estudo feito pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), a taxa de feminicídio contra mulheres negras cresceu 54%, enquanto para mulheres brancas o número diminuiu 9,8% de 2003 para 2013.

Foi em busca pela igualdade de gênero e visando a diminuir a lacuna entre mulheres de diferentes etnias que a ELAS, primeira escola de liderança feminina do Brasil, criou um workshop cujo conteúdo é totalmente voltado para as mulheres negras. Com a iniciativa, lançada no primeiro semestre de 2019, o número de mulheres negras no Programa ELAS saltou de 5% para 30% — uma conquista importante em termos da formação de líderes do gênero feminino cada vez mais diversas e aumento da representatividade.

No workshop, denominado “Passaporte Wakanda”, as cofundadoras Carine Roos e Amanda Gomes, em parceria com Kaká Rodrigues, aluna do Programa ELAS, buscam fortalecer a autoestima das alunas.

Cerca 150 mulheres negras já participaram dos workshops desenvolvidos pela escola. Já o Programa ELAS, que se aproxima da sua 11ª edição, certificou 25 mulheres negras até o momento.

Link para inscrição: https://bit.ly/2YUiiW5

Tempo

(Quinta) 18:00 - 21:30

Localização

Unibes Cultural

Rua Oscar Freire, 2500, Sumaré, São Paulo - SP

Organizador

Elas Alameda Santos, 200, Bela Vista, São Paulo - SP

X