junho, 2019

12jun - 15jun 1209:00jun 1510ª Conferência Internacional de Educação Ambiental e Sustentabilidade10ª Conferência Internacional de Educação Ambiental e Sustentabilidade

Mais

Detalhes do evento

Sesc São Paulo será palco de reflexões, trocas de ideias e experiências sobre temas socioambientais, por meio de uma programação especial que integra o projeto Ideias e Ações para um Novo Tempo, iniciativa vinculada ao programa de Educação para a Sustentabilidade, mantido pela instituição. O projeto traz cerca de 200 atividades, distribuídas entre as 40 unidades do Sesc no estado de São Paulo, além da 10º edição da Conferência Internacional de Educação Ambiental e Sustentabilidade – O Melhor de ambos os Mundos (Best of Both Worlds), realizada no Sesc Sorocaba entre os dias 12 e 15, em parceria com a ESALQ/USP – Laboratório de Educação e Política Ambiental (OCA) e a Universidade Federal de Alfenas.

O Ideias e Ações para um Novo Tempo é um projeto permanente, criado em 2012, com ações realizadas durante todo o ano em todas as unidades do Sesc no estado de São Paulo. Tem como objetivo identificar iniciativas que conciliam aspectos sociais, econômicos, ambientais e culturais nos seus modos de vida, produção e trabalho, além de compartilhar práticas, saberes e experiências socioambientais voltadas ao cuidado com o ambiente e com as pessoas, associadas ao desenvolvimento do território local. Para isso, durante todo o mês de junho, o projeto intensifica suas ações no intuito de integrar os representantes das diversas iniciativas socioambientais mapeadas, além de promover o diálogo entre o público geral e as iniciativas que transformam a realidade numa perspectiva responsável, justa, ética e sustentável.

A 10ª Conferência Internacional de Educação Ambiental e Sustentabilidade – O Melhor de ambos os Mundos (Best of Both Worlds) foi criada pela Universidade da África do Sul – UNISA em 1998. Sediado no Brasil pela primeira vez em 2014, o evento teve outras edições realizadas na Malásia (2010 e 2015), África do Sul (2009, 2012 e 2017) e Estados Unidos (2016).

Já as atividades da ação em rede, que acontecem em todas as unidades do estado, contam com oficinas, debates, vivências, visitas mediadas, intervenções artísticas, encontros entre iniciativas transformadoras da realidade e outros, abordando temas como desenvolvimento local, bem-comum, preservação do meio ambiente, biodiversidade, rede de produtores locais, reciclagem, reutilização, moda sustentável, permacultura, hortas urbanas, compostagem, alimentação com uso das PANC (plantas alimentícias não convencionais) etc.

De 12 a 15 de junho, o Sesc Sorocaba recebe a 10ª Conferência Internacional de Educação Ambiental e Sustentabilidade – O Melhor de ambos os Mundos (Best of Both Worlds), com o tema “Modos de Viver Sustentáveis”, que tem como objetivos criar oportunidades para a partilha de experiências nacionais e internacionais em Educação Ambiental e Sustentabilidade; contribuir para o fortalecimento de redes baseadas na reflexão e em práticas sociais que apontam para alternativas no enfrentamento das questões socioambientais; e incentivar a construção de uma agenda de articulações entre iniciativas que trabalham com vistas à transição para sociedades sustentáveis.

O diferencial desta edição é a reunião entre representantes de práticas comunitárias locais, especialistas e acadêmicos para refletir sobre Modos de Viver Sustentáveis. A temática destaca as formas de convívio que congregam as dimensões sociais e ambientais, considerando as especificidades econômicas, políticas, culturais, étnicas, territoriais e as diferentes visões de mundo.

Para isso, a Conferência traz uma programação dividida em três eixos, dentre os quais se distribuem os temas das palestras e debates, e que se desdobram ainda como um direcionamento nos assuntos da ação em rede que acontece, simultaneamente, em todas as 40 unidades do Sesc no estado de São Paulo: (1) O Estado da Terra: entre a Terra e o Território; (2) Como Ser Comunidade? Práticas de Intervenção Socioambiental e (3) Futuro Fora do Tempo: Ética e Saberes como Caminhos para o Bem Comum.A abertura da Conferência acontece no dia 12 e apresenta o bate-papo “Modos de Viver Sustentáveis”, com Manish Jain, cofundador de organizações como a Shikshantar e Swaraj University, em Udaipur, Rajastão; Antônio Nobre, PhD em Earth System Sciences (Biogeochemistry), pesquisador titular do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia e representante do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. A mediação é de Maria Zulmira de Souza, uma das pioneiras em comunicação para a sustentabilidade no Brasil.

Convidado internacional, Manish Jain defende uma educação onde os jovens possam escolher seus próprios líderes e aprender a partir de fontes alternativas de conhecimento, sem a necessidade de uma estrutura dominante. Ativista social, cocriou também a Ecoversities, uma aliança de mais de 100 comunidades e universidades livres e alternativas em diferentes partes do mundo.

A partir do dia 13, a programação segue a temática dos três eixos como proposta de recorte. Deste modo, Luiz Marques, professor do Departamento de História (IFCH) da Unicamp, abre o dia com a palestra “O Estado da Terra – Entre a Terra e o Território” (eixo 1). No período da tarde e ainda sob o mesmo tema, a conferência traz como debatedores os representantes de universidades, coletivos e movimentos da sociedade civil Renzo Romano Taddei (Unifesp), Maria Rodrigues (Sítio Mãe Terra) e Benedito Alves da Silva (Ditão) (Quilombo Ivaporunduva).

Já no dia 14, Ximena Paz Dávila Yáñez, especialista em relações humanas e familiares com ênfase em relações de trabalho e cofundadora do Instituto Matríztico, do Chile, conduz o debate “Como Ser Comunidade? Práticas de Intervenção Socioambiental” (eixo 2), com mediação do sociólogo Pedro Jacobi (USP). No segundo período, Zysman Neiman (Unifesp), Antonio Lafuente (Inovação Cidadã) e Fábio Miranda (Instituto Favela da Paz) dão sequência ao tema em um debate que conta com a mediação de Pedro Jacobi (USP).

O último dia (15) se concentra no tema “Futuro Fora do Tempo: Ética e Saberes como Caminhos para o Bem Comum” (eixo 3), com participação do agente cultural e historiador Célio Turino e da líder indígena brasileira Sonia Guajajara. A palestra de encerramento fica por conta de Marcos Sorrentino, coordenador do Laboratório de Educação e Política Ambiental (Oca), da USP.

Durante todos os dias, a conferência conta ainda com oficinas e visitas mediadas no período da manhã, além de intervenções artísticas e apresentações de pôsteres na parte da noite.

As inscrições para assistir à conferência estão disponíveis desde 1º de maio no site ou presencialmente no Sesc Sorocaba (Rua Barão de Piratininga, 555 – Jardim Faculdade). As taxas variam de R$20 a R$100.

Tempo

12 (Quarta) 09:00 - 15 (Sábado) 21:30

Localização

Sesc Sorocaba

R. Barão de Piratininga, 555 - Jardim Faculdade, Sorocaba - SP

Organizador

Sesc Sorocabaemail@sorocaba.sescsp.org.br R. Barão de Piratininga, 555 - Jardim Faculdade, Sorocaba - SP

X