Escritores com obras para crianças e adolescentes podem participar

Trata-se de uma iniciativa promovida pela Fundação SM, em parceria com a SM Educação.

Escritores de obras de ficção nos gêneros romance e novela para crianças e adolescentes podem enviar suas obras para 15ª edição do Prêmio Barco a Vapor. A premiação procura originais inéditos e escritos em língua portuguesa. As inscrições podem ser feitas até 17 de fevereiro.

Criado pela Fundação SM na Espanha, em 1978, o Prêmio Barco a Vapor possui o objetivo de aproximar crianças e adolescentes do texto literário e fomentar a produção literária voltada para esta faixa etária.

As obras enviadas serão avaliadas por um júri formado por profissionais e especialistas em literatura. Além de ter seu original publicado no selo da coleção Barco a Vapor, o vencedor do 15º Prêmio Barco a Vapor receberá um pagamento no valor de R$ 40 mil, a título de direitos autorais.

Com estreia no Brasil em 2005, o Prêmio publicou obras como O coelho que não sabia gatês, de Thiago Irley; Adeus é para super-heróis, de Isabela Noronha; O rapaz que não era de Liverpool, de Caio Riter; A guardiã dos segredos de família, de Stella Maris; e A Vaca presepeira, obra de João Paulo Hergesel, vencedora da última edição do Prêmio, realizada em 2018.

Regulamento: barcoavapor.edicoessm.com.br/regulamento/