Empréstimos a empreendedores a juros zero

A iniciativa é destinada para empreendedores atuantes nas periferias ou públicos vulneráveis.

 

Ilustração com fundo de foto de favelas e em cima texto: Fundo Volta Por Cima - Frente a crise imposta pelo Covid-19, se torna ainda mais necessário apoiar empreendedores de impacto que atuam nas periferias ou com públicos vulneráveis. Nesse cenário surge o Fundo Volta Por Cima, que tem a missão de conceder empréstimos a juros zero para que negócios de impacto possam se manter ativos, garantindo empregos e renda. Botão escrito: Quero Contribuir.
A expectativa é beneficiar ao menos 50 negócios dentro do perfil citado na notícia. (crédito da imagem: divulgação)

Fundo Volta Por Cima concede empréstimos a juros zero para empreendedores afetados pela crise do coronavírus, que estejam à frente de negócios de impacto atuantes nas periferias ou que beneficiem públicos em vulnerabilidade social. Essa ação é idealizada pelo Banco Pérola e pela Articuladora de Negócios de Impacto da Periferia, composta pela A Banca, Artemisia e FGVcenn – Centro de Empreendedorismo e Novos Negócios.

O objetivo é permitir que esses negócios de impacto possam se manter ativos, garantindo empregos e renda. Dessa forma, a proposta é oferecer recurso financeiro de forma simples e rápida para que esses empreendedores possam seguir suas jornadas. Os selecionados para o Fundo também receberão acompanhamento e conteúdos como forma de apoio complementar a seus negócios.

Nesse primeiro momento, serão apoiados negócios de impacto do portfólio da Artemisia e ANIP liderados por empreendedores periféricos e negócios de impacto com soluções que beneficiem diretamente a periferia ou outros públicos vulneráveis.

Poderão se inscrever para o processo seletivo negócios de impacto com atuação direta nas periferias ou com públicos vulneráveis que já tenham passado por algum programa da Artemisia e/ou da ANIP. O formulário de inscrição será enviado pelas organizações diretamente aos empreendedores dentro desse perfil.

Após a inscrição, os negócios serão avaliados pelo comitê de seleção do Fundo nos seguintes aspectos: perfil empreendedor, equipe, momento atual do negócio, capacidade de execução e perspectivas futuras com o uso do recurso. Não será considerada a condição cadastral dos negócios, para que pessoas com restrição no nome sejam incluídas.

Os interessados podem se inscrever aqui na plataforma da iniciativa: https://bit.ly/3cAkycF