Edital valoriza e inspira práticas comprometidas

Planos de aulas, projetos interdisciplinares e sequências didáticas aprovadas vão compor um banco de aulas público, disponível para todas as escolas do Brasil.

Ilustração com jovem usando megafone e balões com ícones de gênero e texto superior: Igualdade de Gênero na Educação Básica - Edital recebe propostas até 29/11
A chamada pretende reconhecer, , promover intercâmbios e inspirar novas experiências comprometidas. (crédito da imagem: divulgação)

Ação Educativa e mais 50 instituições parceiras, com apoio do Fundo Malala, busca reconhecer as iniciativas e inspirar novas experiências que incluam a igualdade de gênero na educação pelo Edital Público Igualdade de Gênero na Educação Básica: prevenindo violências, enfrentando desigualdades e promovendo direitos. As inscrições irão até 29 de novembro.

A chamada recebe propostas de planos de aula, projetos interdisciplinares e sequências didáticas que promovem a igualdade de gênero em escolas públicas e privadas.

Podem participar escolas, profissionais da educação básica e do ensino superior, pesquisadoras acadêmicos, educadoras populares, coletivos juvenis, movimentos sociais, instituições de sociedade civil e grupos de pesquisa de todo o país.

O principal objetivo é reconhecer publicamente essas iniciativas, promover intercâmbios e inspirar novas experiências comprometidas com a promoção da igualdade de gênero na educação básica pública e privada. Serão valorizadas as propostas que articulem gênero, raça e diversidade sexual em uma perspectiva interseccional.

A inscrição deve ser feita por meio de formulário on-line.

Edital completo neste link dentro do site Gênero e Educação: https://bit.ly/38WB9Z4

Informações do edital no site da Cenpec Educação: https://bit.ly/3nyfxX5