Edital oferece bolsas de MBA para mulheres negras

Instituto pretende ampliar compromisso para diversidade de raça e gênero em todas as atividades e projetos.

Foto de duas jovens negras no computador e discutindo ideias.
Das 23 iniciativas aceleradas gratuitamente pela entidade, cinco são lideradas por pessoas negras e quatro tem como propósito a luta por igualdade racial. (crédito da foto: Mulheres Invisiveis/AdobeStock)

O Instituto Legado de Empreendedorismo Social promove edital nacional para selecionar três mulheres negras que são contempladas com bolsas integrais de MBA em Gestão de Negócios de Impacto Social. As inscrições vão até 16 de agosto.

A organização lançou um compromisso público para aumentar a diversidade em todas as atividades no Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha (25 de julho), em que marcou uma série de iniciativas para favorecer a população negra, as mulheres e a comunidade LGBTQIA+. A decisão foi anunciada durante o evento CollabSoul Summit, que teve como tema Como praticar um novo estilo de vida nas organizações?

O curso é ofertado na modalidade EAD em parceria com a Universidade Positivo. O investimento total da iniciativa é de R$ 12 mil.

O processo seletivo será conduzido por um comitê de mulheres negras e tem a consultoria da Diverse Soluções em Diversidade e Inclusão, negócio social dedicado à diversidade e inclusão no mercado de trabalho. As selecionadas serão anunciadas no dia 31 de agosto.

O MBA segue o sistema modular, com disciplinas ofertadas bimestralmente, possibilitando que o aluno comece a estudar quando e onde quiser. O curso proporciona acesso aos conceitos e ferramentas necessários para formar negócios que além de gerarem lucro, serão capazes de transformar a realidade e gerar impacto socioambiental positivo. Os alunos terão aulas com profissionais e acadêmicos especializados, que fazem parte de ecossistema do empreendedorismo social na prática. A cada módulo, os alunos assistem a uma vídeo-aula expositiva, na qual o professor apresenta conceitos de maneira conversada. O processo de aprendizagem inclui leituras complementares, atividades on-line e uma aula por videoconferência ao vivo com professores e empreendedores que são exemplos no setor social.

O Instituto Legado também abriu um chamamento público convidando investidores sociais e empresas dispostas a patrocinar novas bolsas que favoreçam o ingresso dessas pessoas na pós-graduação e contribuam para sua formação como empreendedores sociais atuantes em suas comunidades.

Mais informações no site do Instituto: institutolegado.org