Edital estimula tecnologias sociais no Brasil

Entidades sem fins lucrativos com propostas de geração de renda e emprego podem se inscrever até 29 de junho.

Edital-FBB-BNDS-Reduzida
As entidades com diretorias compostas por, no mínimo, 50% de mulheres ou que possuam tecnologia certificada pela Fundação BB receberão bonificação extra. (crédito da imagem: divulgação)

Projetos com reaplicação de tecnologias sociais com objetivo de geração de renda e trabalho de qualquer parte do País podem concorrer à seleção da Fundação Banco do Brasil (FBB) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Podem participar entidades sem fins lucrativos, com mais de dois anos de existência e que tenham sede ou experiência comprovada de atuação na região onde pretendem implantar o projeto. As inscrições vão até 29 de junho.

A reaplicação deve ser necessariamente de iniciativas integrantes do Banco de Tecnologias Sociais, um acervo on-line que reúne cerca de mil metodologias certificadas pela FBB, desde 2001, disponível no endereço http://tecnologiasocial.fbb.org.br/. Tecnologia social é toda solução (produto, técnica ou metodologia) para desafios sociais que reúne conhecimento científico e popular, implementada com a participação da comunidade e de fácil reaplicação e adaptação em outra localidade.

Poderão ser implementadas uma ou mais tecnologias do banco de dados, desde que tenha como finalidade a geração de emprego e renda. Os valores por projeto se situam entre R$ 500 mil a R$ 1 milhão. As entidades com diretorias compostas por, no mínimo, 50% de mulheres ou que possuam tecnologia certificada pela Fundação BB receberão bonificação extra, conforme os critérios do edital.

O investimento total na seleção será de R$ 10 milhões e poderá ser ampliado, se houver disponibilidade de recursos e for avaliada a necessidade de suplementação.

Acesse o edital: fbb.org.br/reaplicaTS

COMPARTILHAR