Edital Ecoforte Redes apoia projetos territoriais de agroecologia

Propostas de organizações interessadas podem ser enviadas até as 18 horas do dia 02 de outubro.

EDITAL-ECOFORTE-FBB

A Fundação Banco do Brasil, em parceria com o BNDES, recebe inscrições para o edital Ecoforte Redes. A iniciativa seleciona e apoia projetos territoriais de redes de agroecologia, extrativismo e produção orgânica, voltados à intensificação das práticas de manejo sustentável de produtos da sociobiodiversidade e de sistemas produtivos orgânicos e de base agroecológica. O financiamento é de 18 milhões e 500 mil reais a organizações da sociedade civil.

Os projetos precisam ter a finalidade da promoção de benefícios diretos às famílias extrativistas beneficiárias das Unidades de Conservação. Poderão ser proponentes cooperativas de produção ou de beneficiamento, ou de comercialização ou associações comunitárias ou de produtores, sem fins lucrativos, voltadas à produção extrativista e ao uso sustentável da sociobiodiversidade, legalmente constituídas há, pelo menos, dois anos.

O prazo de execução do projeto deverá ser, no máximo, de 24 meses, prorrogáveis, mediante requerimento da entidade proponente e sujeito à aprovação da Fundação Banco do Brasil.

O edital oferece duas categorias: I de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) a R$ 500.000,00

(quinhentos mil reais). Essa é destinada a novos projetos de redes de agroecologia, extrativismo e produção orgânica que já formalizaram convênio com a FUNDAÇÃO no âmbito do Edital nº 2014/005 – Redes ECOFORTE, lançado em 14 de março de 2014. Estes projetos devem, necessariamente, prever ações para consolidação da base produtiva da rede e/ou expansão da base produtiva com a integração de novos grupos e/ou organizações produtivas. O valor total previsto para apoio a esta categoria de projetos é de R$ 2.500.000,00 (dois milhões e quinhentos mil reais), dos quais R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) serão destinados exclusivamente para o apoio a projetos localizados na Amazônia Legal, nos termos do Decreto 8.773, de 11 de maio de 2016.

Já a segunda categoria é de R$ 800.000,00 (oitocentos mil reais) a R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais). Destinada a projetos de redes de agroecologia, extrativismo e produção

orgânica que não se enquadrarem na CATEGORIA I. O valor previsto para apoio a esta categoria de projetos é de R$ 16.000.000,00 (dezesseis milhões de reais), dos quais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) serão destinados exclusivamente para o apoio a projetos localizados na Amazônia Legal, nos termos do Decreto 8.773, de 11 de maio de 2016.

Informações podem ser esclarecidas aqui: https://fbb.org.br/pt-br/ecoforte2017