Edital aberto a projetos musicais para futuro diverso e inclusivo

Com 15 anos de trajetória, a chamada pretende reforçar o compromisso com o fomento da produção artística e valorização do mercado cultural.

Se você tiver um projeto musical com proposta de um futuro mais diverso, inclusivo e com mais impacto na sua rede e comunidade, pode se inscrever no edital Natura Musical 2020 com prazo até 21 de setembro. Nesta edição, serão investidos R$ 8,5 milhões de reais, a maior verba da história de Natura Musical, parte via edital e parte em parceria com os fundos de cultura do Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Bahia.

Projetos de artistas, bandas, grupos, coletivos e empreendedores culturais de todo o Brasil podem se inscrever.

O mundo mudou muito desde o nascimento de Natura Musical, e para continuar provocando impacto positivo, a equipe também mudou. Por isso, se juntaram a um time de profissionais da cultura e economia criativa que ajudou a atualizar categorias, formatos de projetos e critérios frente aos desafios do mercado cultural. A chamada possui novas diretrizes, considerando perspectivas sobre impacto e recuperação do ecossistema da música, critérios de inclusão, representatividade e acesso, além de relevância, inovação e novas linguagens e tecnologias.

A seleção será realizada por uma rede de curadores, que buscam projetos artísticos com relevância cultural e inovação, que geram impacto e recuperação do ecossistema da música, inclusão, representatividade e acesso ou que proponham novas linguagens e tecnologias.

Parte da verba será dedicada pela primeira vez à região amazônica e não será necessário se inscrever na Lei de Incentivo a Cultura (antiga Lei Rouanet). Os Estados do Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Bahia e Pará terão editais específicos, utilizando as leis estaduais de incentivo à cultura. Os selecionados serão divulgados até dezembro.

Acesse nosso site: www.natura.com.br/naturamusical