Desafio para projetos de prevenção e combate à violência

Fundação Everis e BID Lab, membros da aliança LACChain, promovem iniciativa para apoiar uso de tecnologias emergentes na resolução de problemas sociais.

Ilustração com foto ao fundo de mãos se batendo em comemoração e texto central: BlockchAngel Challenge - Soluções blockchain contra violência as mulheres, crianças e idosos.
A tecnologia blockchain pode ser muito útil para desenvolver estratégias com o intuito de alertar, defender e acompanhar as vítimas. (crédito da imagem: divulgação)

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), por meio do BID Lab, laboratório de inovação do Grupo BID, e a Fundação Everis, no âmbito da aliança global para o desenvolvimento do ecossistema blockchain da América Latina e Caribe (LACChain), estão lançando um desafio para encontrar projetos que previnam, mitiguem e controlem o abuso, maus-tratos e violência contra os grupos mais vulneráveis nos países da América Latina e do Caribe. As inscrições podem ser feitas até 29 de maio.

Nesse desafio “Blockchangel” (Blockchain – Challenge – Angel) podem participar empresários, empresas, startups, ONGs, fundações e outros atores. Individualmente ou em consórcio, desde que cumpram dois requisitos: propor soluções como base a tecnologia blockchain e que sejam aplicáveis em qualquer lugar da América Latina ou do Caribe.
Os organizadores buscam propostas que ofereçam soluções para as seguintes áreas complementares: 1) Área preventiva – “Chega de vulnerabilidade” – soluções que permitem, por exemplo, a geolocalização ou registro de comportamentos violentos, identificação de fatores de risco, etc; 2) Área de atuação – “Chega de impunidade” – soluções que facilitem o registro e a autenticação on-line, com validade legal; 3) Área de controle – “Chega de preconceitos” – soluções que possibilitem, por exemplo, identificar as vítimas e ativar protocolos de ação correspondentes aos seus níveis de vulnerabilidade; e 4) Área restaurativa – “Chega de solidão” – soluções que sejam ativadas on-line, de forma anônima, para assistência e atenção integral às vítimas.

A ideia é incentivar o uso de soluções tecnológicas inovadoras a fim de atingir objetivos compartilhados pelo BID, BID Lab, LACChain e Fundação Everis. Cada um na sua área de atuação.

Os projetos selecionados receberão um pacote completo de aceleração para seu projeto, incluindo apoio econômico, empresarial e tecnológico dos organizadores. Além disso, podem tornar-se uma ferramenta essencial na luta contra problemas sociais, que são particularmente alarmantes na América Latina.

Nos últimos dois anos quase 8.000 mulheres foram assassinadas na América Latina e no Caribe vítimas de feminicídio. Na América Latina e no Caribe, a taxa de feminicídio é o dobro da registrada em outras regiões do mundo. Por outro lado, quase 300 milhões de crianças são vítimas de algum tipo de disciplina violenta, cerca de 130 milhões de estudantes sofrem bullying e aproximadamente 15 milhões de adolescentes já foram forçados a fazer sexo em algum momento de suas vidas. Além disso, há um número crescente de maus-tratos a pessoas idosas dentro das próprias famílias.

Informações sobre esse projeto, os termos e as condições estão no site: https://blockchangel.org