Curtas de estudantes da rede pública serão exibidos no Festival Internacional

A Associação Cultural Kinoforum, realizadora do festival, em parceria com a ONG Visão Mundial, promovem oficinas infanto-juvenis de audiovisual para alunos da rede pública da cidade.

curtas-estudantes-Reduzida
Christian Saghaard, cineasta e produtor, dá a primeira aula da oficina aos alunos da escola Dr. Alarico Silveira, no Centro de São Paulo. (crédito da imagem: divulgação)

A Associação Cultural Kinoforum, entidade sem fins lucrativos que realiza atividades e projetos e apoia o desenvolvimento da linguagem e da produção cinematográfica, em parceria com a ONG Visão Mundial promoveram um intercâmbio de quatro dias, de terça a sexta-feira (6 a 9 de agosto), para possibilitar os jovens a terem a experiência de rodar duas produções cinematográficas dentro da escola. A ação, chamada Oficinas Kinoforum – O Cinema dos Meus Sonhos, faz parte da programação do Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo, previsto para 22 de agosto a 1 de setembro. Dois curtas feitos por esses alunos serão exibidos durante o festival.

Os participantes tiveram a possibilidade de elaborar, dirigir, produzir, fotografar e editar curtas metragens a partir de suas próprias ideias e acessar novas formas de compreensão da realidade, de expressão e de interação com suas comunidades e com o espaço público.

A ideia é despertar interesse e proporcionar o acesso à criação cultural, promovendo a realização de vídeos, assim como a veiculação gratuita dessa produção. Ofereceu ainda a teoria e a prática em todo o processo de produção audiovisual. Todos irão receber um certificado de participação.

O objetivo das oficinas é proporcionar um espaço de criação e aprendizado durante quatro dias. Nesse período, os estudantes participam de uma imersão no mundo do audiovisual e produzem seus próprios curtas metragens.

Os processos são: imersão em linguagem cinematográfica e história do cinema; roteirização; gravação; e edição. Na terça-feira a aula será sobre história do cinema, introdução à linguagem audiovisual. Os alunos também irão aprender a mexer no equipamento de vídeo e áudio; na quarta e na quinta os alunos, divididos em duas equipes, farão a gravação do curta; e na sexta irão editar. Ao fim dos quatro dias, dois filmes de cinco minutos, com qualidade de cinema, serão produzidos e finalizados pelos próprios participantes – com o auxílio de educadores e profissionais da área.

Os filmes entrarão para o programa oficial do festival e serão exibidos em três sessões: no dia 27/08, com a presença dos alunos, às 15 horas no Centro Cultural São Paulo. As crianças irão contar como foram as oficinas, o que fizeram e aprenderam, e contar um pouco da experiência que tiveram; e mais duas exibições: uma no dia 28/8, às 15 horas, no Cine Olido, e 29/8, também às 15 horas, no Centro Cultural São Paulo.

A ONG Visão Mundial já realiza atividades na E.E. Dr. Alarico Silveira, com o projeto Conexão Escola e MJPOP SKOLA. Esta parceria faz parte de um dos objetivos do Conexão Escola para promover um espaço seguro e incentivar a participação estudantil no ambiente escolar.

Exibição dos curtas:
27 de agosto, no Centro Cultural São Paulo, das 15 às 17 horas – com a presença dos alunos;
28 de agosto, Galeria Olido, das 15 às 17 horas;
29 de agosto, Centro Cultural São Paulo, das 15 às 17 horas;

Acesse o site do Festival: http://www.kinoforum.org.br/curtas/2019/