Iniciativa estimula relações de trabalho dignas na cadeia têxtil de SP

Projeto pretende contribuir na reforma de oficinas de costura para evitar situações de exploração de mão de obra e condições precárias no dia a dia.

Tecendo-Sonhos-Reduzido
A iniciativa recebe doações de pessoas físicas. (crédito da imagem: divulgação)

Desde ontem (28/01) marcado como o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo (28/1), o programa Tecendo Sonhos, da Aliança Empreendedora, lança sua primeira campanha de doação via pessoa física. A meta é arrecadar R$ 30 mil até o final de maio. Esse montante será destinado na reforma de oficinas de costura de imigrantes latino-americanos, localizadas na cidade de São Paulo.

O Tecendo Sonhos capacita gratuitamente imigrantes donos de oficina de costura. Desde 2014, atendeu mais de 260 oficinas de costura e beneficiou mais de mil pessoas, entre empresários e trabalhadores.

O dinheiro arrecadado pela campanha será investido em melhorias para 20 oficinas ao longo de 2019, com a compra de equipamentos de segurança, ergonomia e reformas elétricas. Cada estabelecimento terá uma parte de seu aperfeiçoamento custeado pelo projeto, mas deve arcar com uma parcela – para que desenvolva autonomia.

Os favorecidos recebem formação profissional e aprendem a se regularizar como empreendedores, abrir Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) e adequar seus espaços de trabalho às regras de segurança do trabalho – o que geralmente envolve reformas estruturais. Como resultado, toda a indústria têxtil dispõe de relações de trabalho dignas e saudáveis, jornadas de trabalho justas e remuneração adequada.

Pela primeira vez a doação pode ser realizada no site do programa e o valor da contribuição é escolhido pelo doador. Basta escolher um cartão de crédito ou débito e inserir suas informações pessoais, que serão recolhidas de forma segura.
https://goo.gl/ySe7Ve

Desde 2014, o programa Tecendo Sonhos promove relações de trabalho dignas na cadeia têxtil da cidade de São Paulo e consumo consciente. Para isso, integra micro e pequenos empreendedores, organizações sociais, governo, pesquisadores e tecnologias.

Em parceria com o Instituto Alinha, é feito um diagnóstico do empreendimento e traçado um plano de ações e melhorias. Os imigrantes que participam do processo passam a acessar um mercado regularizado, que paga um valor justo pelas peças produzidas.

Há quatro anos, o Tecendo Sonhos tem o suporte da Aliança Empreendedora, organização social que apoia negócios inclusivos e projetos para microempreendedores de baixa renda, com o apoio do Instituto C&A.

Conheça aqui: https://goo.gl/ySe7Ve