Chamada para oficinas de formação artística, cultural e educacional

Bike Arte Gira abre chamamento público para seleção de oficinas de formação artística, cultural e educacional em Heliópolis na periferia de São Paulo.

chamada-bike-evento
A iniciativa vai financiar a realização de quatro oficinas de formação educacional/técnica. (crédito da imagem: divulgação)

Heliópolis será o palco, em 29 de setembro, da estreia do Bike Arte Gira, festival itinerante que estimula a ocupação diversa das ruas em lugar dos carros e aproveitar um dia diferente, em segurança e ao ar livre, com atividades culturais, educacionais e de arte urbana, nas quais a bicicleta é a protagonista e principal motivadora. As inscrições vão até 12 de agosto.

O Bike Arte Gira vai financiar a realização de quatro oficinas de formação educacional/técnica nos dias que antecedem o evento principal. Cada uma terá 20 horas de duração e até 20 participantes. Os conteúdos devem trabalhar a bicicleta nas temáticas: grafite e estêncil; serigrafia e lambe-lambe; mecânica e cicloturismo; produção cultural e cicloativismo. A remuneração para cada oficina será de R$ 1,5 mil e os materiais de apoio serão fornecidos pelo projeto.

Esse projeto é um projeto voltado para populações de baixa renda com intuito de fomentar a arte e promover o direito à cidade e a mobilidade urbana. Ele é composto por oficinas de formação educacional, cultural e artística e um festival gratuito, a céu aberto, onde o espaço público é ocupado com atividades e manifestações heterogêneas com a temática da bicicleta e produzidas por artistas da própria comunidade. Habilitado pelo Programa Municipal de Apoio a Projetos Culturais (Pro-Mac), da Prefeitura de São Paulo, será patrocinado integralmente pela UBER. Além de Heliópolis, haverá edições em outras quatro regiões periféricas da capital ao longo de 2019 e 2020.

roda-de-bike-chamada
O projeto é voltado para populações de baixa renda com intuito de fomentar a arte e promover o direito à cidade e a mobilidade urbana. (crédito da imagem: divulgação)

O processo de escolha das oficinas terá as seguintes etapas: 1) chamamento público, 2) habilitação e 3) curadoria aberta.

1 – Chamamento público – Quem estiver interessado em ministrar uma das oficinas pode submeter uma proposta por meio do site Prosas. Os critérios básicos são: o proponente deve morar ou ter vínculo com Heliópolis; dominar a linguagem artística ou técnica dentro das quatro temáticas; demonstrar potencial coletivo e replicador da formação; definir um cronograma de realização; e apresentar um orçamento de materiais coerente, com custo de até R$ 1,5 mil.

2 – Habilitação – Todas as propostas inscritas devem ser habilitadas pela equipe do Bike Arte Gira e parceiros. Quem atender aos critérios de seleção irá para a fase de curadoria aberta. O resultado será divulgado em 18 de agosto.

3 – Curadoria Aberta – A partir de 19 de agosto, os moradores de Heliópolis serão convidados a indicar as oficinas que querem participar. A votação será on-line, termina em 1º de setembro e as pessoas que votarem já estarão participando do processo de seleção de participantes. A lista dos escolhidos será divulgada a partir de 15 de setembro.

Os interessados podem acessar aqui: https://bit.ly/2K8gDId