Chamada oferece apoio financeiro e técnico para OSCs

O Fundo é voltado a organizações que atuam com empoderamento cívico na América Latina.

Ilustração com megafone e balão de fala com texto: Convite Aberto à Apresentaçao de Propostas - Fundo para organizações de empoderamento cívico. Saiba mais.
Serão selecionadas entre cinco e seis organizações da América Latina. (crédito da imagem: divulgação)

A situação atual da América Latina é preocupante. Na Colômbia, foram registrados 66 massacres em 2020 e 120 defensores dos direitos humanos foram assassinados; na Argentina, a pobreza aumentou e no primeiro semestre do ano passado alcançou 40,9% da população; La Marcha Mas Grande De Chile (A Maior Marcha do Chile, nome da manifestação em português) reuniu mais de 1,2 milhão de pessoas em Santiago e mais de três milhões de pessoas em todo o país reivindicando uma nova Constituição; no Brasil o produto interno bruto reduziu 4,1% em 2020 e quase 14 milhões de pessoas estavam desempregadas, no México, além do aumento dos índices de feminicídios, a desigualdade continua crescendo e 44% da população se encontra em situação de pobreza.

Após uma análise profunda sobre os problemas urgentes da América Latina e das condições do espaço cívico no nível regional, a Pulsante, uma parceria formada pela Luminate, Open Society Foundations e Fundación Avina, abre inscrições de propostas para o Fundo de Organizações de Empoderamento Cívico. O prazo é até 30 de abril no site da Pulsante: pulsante.org/pt-br/fundo_organizacoes/

A chamada é destinada a organizações legalmente constituídas com sede na América Latina, que poderão solicitar recursos entre 80 e 120 mil dólares. Além disso, as cinco ou seis organizações selecionadas poderão pedir apoio técnico em áreas, como: foco em gênero, comunicação, incidência política, segurança digital, entre outros. Os apoios terão duração de 18 a 24 meses.

A prioridade do Fundo para Organizações é fortalecer e consolidar uma cidadania ativa e organizada que possa incluir vozes tradicionalmente excluídas, influenciar as estruturas de poder e, consequentemente, contribuir para melhorar a qualidade das democracias.

Os interessados podem acessar o site da Pulsante: https://pulsante.org/pt-br/