Chamada 2020 para projetos socioambientais

A Nexans Fondation recebe propostas para projetos socioambientais, que fomentem o acesso à energia e a melhora dos padrões de vida com soluções de energia sustentáveis.

Foto de três mulheres sentadas ao redor de uma vela.
A webconference do dia 27 de fevereiro pretende esclarecerá critérios na escolha dos projetos. (crédito da imagem: divulgação)

A chamada é destinada para as organizações do terceiro setor comprometidas com o desenvolvimento da eletrificação para populações desfavorecidas em todo o mundo – com foco em associações de base e soluções sustentáveis. As inscrições vão até 18 de março.

Em 2019 foram submetidos 208 projetos, com a participação de 190 organizações, sendo que destas 160 de novos participantes de 52 países. Durante os oito anos de chamadas globais, o Brasil já foi contemplado com financiamento a cinco projetos de três instituições – ECOA, de Mato Grosso do Sul (contemplada em 2016 e 2019), Trias (contemplada em 2018 – uma organização da Bélgica com presença no Brasil, que reúne agricultores e empreendedores com ideias semelhantes em todo o mundo e que se apoiam para tornar seus sonhos realidade) e o Instituto Pacto Amazônico (contemplado em 2016 e 2017), com um projeto de luz na floresta amazônica por meio da geração solar.

No ano passado, a Fundação ampliou sua atuação na América Latina extendendo seu suporte a projetos já contemplados em 2018 no Peru (projeto TechnoPeru e Light Up The World – LUTW em energia solar) e suporte a um novo projeto na Colômbia, com o objetivo de implantar geração de energia solar no município de Tumaco.

A Fundação Nexans, sediada na França, foi criada em 2013 e já beneficiou 53 organizações que atendem atualmente 1 milhão e 430 mil pessoas no mundo.

No próximo dia 27 de fevereiro, às 15 horas de São Paulo/Santiago e 13 horas de Lima/Bogotá, Melina König, Chief of Expertise Communication Manager para América do Sul, África, Oriente Médio e países do Golfo e embaixadora da Fundação, conversará com jornalistas e organizações do terceiro setor do Brasil e América do Sul, em uma webconference para apresentar os resultados obtidos pela Fundação e expor as principais prerrogativas do processo de escolha dos projetos, definidas pelo Conselho Consultivo da Organização francesa.

Os interessados podem acessar o site: https://bit.ly/2TbjP9p