Caindo no Brasil fez breve levantamento sobre financiamento coletivo na educação

14927O crowdfunding (ou financiamento coletivo, em português) pode ser usado por pessoas ou organizações para levantar recursos para um projeto através da contribuição de outras pessoas. Essa modalidade é uma alternativa para quem quer tirar um projeto do papel sem ter que contar com ajuda de editais públicos ou para substituir a “vaquinha” em projetos menores, deixando a arrecadação mais organizada.

Como fazer

O primeiro passo é escolher a plataforma que melhor se encaixa na sua campanha. São várias: Catarse, Juntos.com.vc, Benfeitoria,Vakinha entre outras. Essas plataformas têm cada vez mais recursos para ajudar o realizador do projeto a definir um valor realista, engajar suas redes e escolher uma modalidade de campanha.

Na maioria, você pode escolher entre uma campanha Tudo ou Nada – em que o dinheiro volta aos apoiadores se a meta não for atingida – ou Flexível – em que o realizador fica com todo o dinheiro arrecadado, ainda que não bata a meta.

Quer se aprofundar mais? O Catarse oferece um ebook gratuíto, o Faz um Catarse com tudo que você precisa saber para começar, além de diversos vídeos sobre os desafios de uma campanha. A Benfeitoria também disponibiliza um curso online para quem quer entender mais sobre o assunto.

Nossa experiência

Não é de hoje que o Caindo no Brasil levanta a bandeira do financiamento coletivo. Nosso livro, por exemplo, só pôde ser impresso depois de uma campanha que levantou mais de R$ 30 mil para cobrir as despesas. Mas nem todo projeto precisa levantar valores altos: os alunos do Transform+ação – projeto do Caio Dib na Escola Santi – levantou cerca de R$ 3 mil para imprimir mapas que foram distribuidos no bairro do Paraíso durante a Copa do Mundo.Os movimentos da educação no financiamento coletivo.

Em 2014 o Catarse divulgou os resultados da pesquisa “Retrato do Financiamento Coletivo no Brasil”. Os resultados destacavam a Educação como principal interesse dos apoiadores – 65% dispostos a contribuir com projetos dessa categoria – mas também como principal categoria em que faltavam projetos relevantes, segundo 36,8% dos apoiadores.


Texto: Da Redação do Caindo no Brasil
Imagem: Divulgação
Data original da publicação: 05/08/2016