Apesar da crise, especialistas defenderam boas oportunidades para empreender

Apesar da crise, diferentes especialistas defenderam boas oportunidades para empreender na Conferência Ethos 360°

Mesmo em cenário de crise, há oportunidades para empreender. Vandré Brilhante, economista e presidente do Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (CIEDS), acredita nesse lema. No dia 23 de setembro, ele participou da mesa O fomento ao empreendedorismo no Brasil, durante a Conferência Ethos 360º, acompanhado por André Spínola, gerente da Unidade Nacional do Sebrae, e José Paulo Pacífico, sócio-fundador do Grupo Gaia.

Para ele, é necessário pensar em alto impacto. “Isso significa gerar prosperidade”, disse. Os indicadores que medem esse tipo de resultado são: riqueza (a qual diz respeito ao capital civil e social de uma comunidade), felicidade, bem-estar, educação, colaboração e inovação.

André concordou que o país apresenta ambiente favorável ao terceiro maior desejo dos brasileiros, que é ter seu próprio negócio. “Temos dois empreendedores por oportunidade para cada um por necessidade”, afirma. Além disso, ele comentou também sobre os incentivos como a classificação de Microempreendedor Individual, ferramenta de abertura de empresas que reduziu a burocracia e os custos envolvidos nesse processo.

Porém, como escolher o lugar certo para investir? Spínola sugeriu: “Hoje as melhores chances estão no setor de serviços, que representa 60% da economia”. Vandré lembrou que, atualmente, os jovens se importam mais com o que fazem do que com o quanto ganham. Por isso, para aumentar as possibilidades de sucesso, considerou que é preciso trocar informações e inspirações: “Ideias brilhantes sem conexão não acontecem”.

De acordo com o economista, a possibilidade de lucro também é importante porque motiva e pode impactar comunidades. José Paulo pode ser considerado um exemplo: depois de criar sua primeira empresa de securitização, em 2009, entrou nas áreas de corridas de rua, confecção de camisetas (para as corridas) e açúcar e álcool. Por fim decidiu montar uma ONG de educação que proporcionasse atividades de português, matemática e recreação no contraturno escolar. “Convidei alguns especialistas e coloquei a condição de que deveria ser divertido”.

Para quem está começando, Pacífico relatou os cinco passos para o sucesso do Grupo Gaia: sobrevivência do negócio, saúde a longo prazo do investimento, felicidade, propósito e retribuição. Vandré ressaltou também a importância de fomentar a diversidade do ponto de vista de gênero, cor e classe social: “o empreendedor no Brasil é homem”. Ele incentiva que a formação de futuros empresários contenha aspectos como liberdade para errar, comprometimento com gerações futuras, cooperação, impacto social e contato com o diferente. “Inovar e empreender são verbos urgentes”, afirmou.

O evento

Nos dias 22 e 23 de setembro, a Conferência Ethos 360° reuniu diferentes especialistas da área de responsabilidade social, de empreendedorismo e de negócios inovadores e sustentáveis. Com um formato diferenciado, todos os debates dividiram um amplo espaço sem paredes. Os participantes tinham que usar fone de ouvido e sintonizar na palestra de seu interesse. Os temas abordados nos debates foram: integridade, combate à corrupção, progresso social, desenvolvimento, diversidade, liderança, conservação do meio ambiente, juventudade, gênero, ações colaborativas, big data, inovação, captação de recursos, resíduos sólidos, entre outros. Confira aqui: http://www.ce2015.org


Site da Conferência Ethos 360°: http://www.ce2015.org/

Confira cobertura completa do Setor3:

Juca Kfouri debate corrupção no futebol com outros convidados na Conferência Ethos 360º

Iniciativa de empreendedorismo social contribui para indústria têxtil mais sustentável

Desemprego entre jovens provocará prejuízos a longo prazo , segundo especialistas na ConferênciaEthos 360°

Representante da Walt Disney Company contou como incentivar e inspirar pessoas em prol da sustentabilidade na Conferência Ethos 360°

Palestrantes defendem que diversidade de profissionais contribui para saídas inovadoras em empresas

Diretor do Pnuma fala sobre a agenda de desenvolvimento pós-2015

Abertura da Conferência Ethos 360° ressaltou a intolerância em diferentes situações de conflitos


Texto: Natália Freitas

Data original de publicação: 30/09/2015